× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: duesasson

Baixar

Du e Sasson

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Du e Sasson

Cerimônia Religiosa

No hotel eleito como o mais romântico do mundo, pôr do sol, beira da praia e as pessoas mais especiais das nossas vidas!

Fotos Recentes
  • Imagem do Local
    Éden Beach Lounge - Insólito Boutique Hotel - Praia da Ferradura - Búzios

    07 de Outubro de 2017

    Veja o Local no Google Maps
    Digite aqui o endereço de origem para traçar a rota

Saiba mais sobre a cerimônia de casamento judaica!

Kipá

Os homens mantém a kipá na cabeça durante toda a cerimônia para lembrar que Deus está acima de nós.

Chupá (Lê-se Rupá)

É a tenda sob a qual o ritual se realiza. Simboliza passado, presente e futuro e representa um novo lar a ser formado pelos noivos, cercado pela família e pelos amigos. Também é uma referência à tenda do patriarca Abraão, que era aberta dos quatro lados convidando a todos que entrassem e se sentissem bem.

O véu da noiva

 A noiva entra com o rosto descoberto. É o noivo quem cobre o rosto dela. O motivo tem origens bíblicas: no primeiro encontro de Isaac e Rebeca, ela cobriu o rosto com um véu. Outra razão para a noiva entrar com o rosto descoberto é para que o noivo não cometa o mesmo erro que Jacó que casou com Léa ao invés de Raquel por não ter visto o rosto dela antes da boda.

As 7 voltas

Esse ritual possui várias explicações. Uma delas diz que elas fazem alusão aos sete dias da criação do mundo, como se a noiva estivesse construindo simbolicamente as paredes da nova casa do casal. Além disso, fazendo um círculo sem começo nem fim, cria-se um mundo a dois, uma nova família.

Sheva Brachot (Sete Bênçãos)

As sete bênçãos recitadas na cerimônia referem-se à criação do mundo e do homem, à sobrevivência dos judeus e do povo de Israel, ao casamento, à felicidade do casal e à criação da família.

As alianças

As alianças devem ser feitas em ouro, simples e lisas, para que represente um círculo perfeito inquebrável e ilimitado entre o casal. O anel é colocado inicialmente no dedo indicador, para se destacar perante as testemunhas e indicar firmemente o compromisso desta importante transição da vida, e transferido então para o dedo anular esquerdo. 

A quebra do copo

A antiga tradição da quebra do copo possui diversos significados. O mais conhecido é a lembrança da destruição do Templo de Jerusalém. Outra explicação encontrada baseia-se no simbolismo entre a quebra do copo e a quebra da confiança, em que mesmo que se juntem as peças não será possivel uma construção idêntica a original, assim como uma confiança rompida. A quebra do cristal  também faz alusão ao equilíbrio entre os momentos felizes e tristes que serão enfrentados ao longo da vida Imediatamente após a quebra do copo todos dizem em voz alta "Mazal Tov", a expressão hebraica que significa parabéns ou boa sorte.